O papa Bento 16 pediu nesta quinta-feira à comunidade internacional um maior esforço para combater o turismo sexual e os abusos cometidos contra mulheres e crianças, em encontro com o novo embaixador da Tailândia junto ao Vaticano, Chaiyong Satjipanon.

Segundo o papa, a “degradação dos valores morais”, provocado pela “banalização da sexualidade na mídia”, está entre as causas dos “abusos contra as mulheres e contra crianças”.

Bento 16 disse ao embaixador estar muito preocupado com “o flagelo da Aids, da prostituição e do tráfico sexual que continua afligindo os países da região”.

O papa também tratou do problema com os novos embaixadores da Namíbia e da Gâmbia, que obtiveram suas credenciais nesta quinta-feira no Vaticano.

Fonte: Folha Online