Dinheiro para doações, artigos religiosos e peças de portões foram levados. Nenhum suspeito foi foi preso até o momento.

A paróquia São Franciso e Santo Expedito foi alvo de três roubos no mês de maio. Os suspeitos quebraram os vitrôs e entraram na igreja.”Quando eu cheguei para abrir normalmente como todos os dias, às 9h, coloquei a chave para o lado de fora já senti que tinham entrado na igreja. As urnas estavam estouradas, então a gente toma aquele susto, é uma sensação de insegurança que a gente tem”, disse a auxiliar de escritório Rivaldete Vicente da Silva.

Já na igreja Nossa Senhora das Graças, no bairro Cidade Ocian, os indivíduos não conseguiram entrar, mas levaram lanças de alumínio do portão para serem vendidas. A ação foi gravada por câmera de monitoramento da paróquia. No entanto, dias depois, os equipamentos também foram levados.

O padre da igreja Nossa Senhora das Graças, Joseph Thomas, imprimiu fotos do roubo e expôs nas paredes.”Conversei com o camandante dos bairros Solemar,Caiçara e Ocian, eles prometeram apoio total. O problema é que em 1995 Praia Grande tinha mais policiais do que agora.Três viaturas vão fazer o que? Eles querendo fazer tudo o que é possível, mas não têm condições”, contestou o padre da Paróquia Nossa Senhora das Graças, Joseph Thomas.

[b]Fonte: G1[/b]