Um pregador de 71 anos de Cincinnati, nos Estados Unidos, foi condenado por ameaça após uma briga de trânsito. Uma motorista acusou Thomas Howell de carregar uma arma, que teria utilizado para amaldiçoá-la.

Howell pode ficar até seis meses preso pelas acusações. Sua sentença será definida no dia 4 de setembro.

O pregador alegou que estava indo para a igreja no dia 23 de junho quando April Evans cortou o seu caminho.

No julgamento da última segunda-feira, ele admitiu que tinha uma arma, mas negou que a tenha tirado do estojo em que estava guardada em qualquer momento da discussão.

Mas a Justiça local decidiu a favor de April, que assegurou ter sido ameaçada com a arma e insultada, enquanto os carros de ambos travavam uma perseguição.

Fonte: AP