Depois de fugir de dois debates, Celso Russomanno deu nesta quinta-feira a mais clara demonstração do quanto perguntas sobre sua ligação com a Igreja Universal do Reino de Deus o incomodam.

O candidato do PRB bateu boca, ao vivo, com o apresentador do jornal local da Rede Globo, César Tralli, ao ser questionado se seguiria a orientação da entidade para administrar a cidade. Metade da entrevista de oito minutos foi gasta com a discussão.

“De jeito nenhum, eu sou católico. Nós estamos em um estado laico. Não existe interferência da igreja na administração pública. Eu não vou perseguir nenhuma igreja”, disse o candidato, afirmando que há ateus e pessoas de todos as religiões em sua equipe. O apresentador insistiu no assunto e Russomanno perdeu a fleuma. “César, eu posso te pedir um favor? Vamos falar sobre São Paulo? Discutir religião não leva a nada. Eu não me digo católico. Eu sou o que sou.”

O jornalista insistiu que os apoios e a história de um candidato interessam ao eleitor. “Eu quero falar de saúde, educação, deixa eu terminar!”, apelou Russomanno, engatando um discurso ensaiado com suas promessas de campanha. O apresentador então lembrou ao candidato que aquilo não era programa eleitoral, mas uma entrevista, ao que Russomanno reagiu: “Você é tão jornalista quando eu, César. Começamos juntos e trabalhamos juntos.”

O candidato do PRB perdeu a oportunidade ainda de explicar porque fez um acordo com uma funcionária que o acusava de pagar salário com verba da Câmara dos Deputados sem que ela prestasse qualquer serviço em seu gabinete. Irritado, Russomanno disse que a história estava encerrada. “Isso não acrescenta nada. Vamos falar sobre São Paulo.”

Assista:

[b]Fonte: Veja.com[/b]