O Senado americano resolveu investigar vários pastores evangélicos para saber se o estilo de vida milionário deles foi gerado pelas doações de fiéis que acreditam que o dinheiro serve para disseminar a palavra de Deus.

Entre os pastores investigados está o reverendo Kenneth Copeland, que acabou de receber um jato particular para pregar ao redor do mundo.

Porém, o jato já teria levado o pastor em viagens particulares a uma estação de esqui e a várias ilhas do Pacífico.

“Não sei como estes homens conseguem dormir à noite. É contra qualquer essência dos preceitos da Bíblia”, diz Ole Anthony, da Fundação Trinity, que monitora os programas de pastores evangélicos na televisão americana há 20 anos.

Fonte: BBC Brasil