Atriz Maria Antonieta de las Nieves, que interpreta a personagem “Chiquinha” do seriado Chaves, lançou um livro chamado “Eu Amo a Família”
Atriz Maria Antonieta de las Nieves, que interpreta a personagem “Chiquinha” do seriado Chaves, lançou um livro chamado “Eu Amo a Família”

A atriz Maria Antonieta de las Nieves, que interpreta a personagem “Chiquinha” do seriado Chaves, lançou um livro chamado “Eu Amo a Família”. A obra é uma iniciativa da Fundação FundaJoven, liderada pelo evangelista Juan Cruz Cellammare Jorgensen.

Maria Antonieta reconheceu e aceitou a Jesus Cristo em 2015, durante um festival comandado pelo evangelista argentino Luis Palau, em Nova York. Nesse período ela foi convidada pelo evangelista Juan Cruz para visitar algumas escolas e a prisão feminina “El Buen Pastor de Asunción”.

O livro faz parte de uma campanha preventiva contra o abuso e assédio sexual em crianças, apresentando dicas da atriz mexicana com histórias que ensinam valores e princípios de uma vida ​em família. A obra será apresentada e distribuída em escolas públicas e privadas, com o objetivo de alcançar 15 mil crianças.

O material foi apresentado durante uma conferência de imprensa no Ministério da Educação e Ciência (MEC), pela Vice-Ministra Maria del Carmen Giménez Sivulec e pelo evangelista Juan Cruz Cellammare, Presidente da FundaJoven.

O livro contém uma série de conversas acompanhadas de imagens e caricaturas de Chiquinha. São respostas dadas que podem ser facilmente interpretadas por meninas e meninos, que buscam a mensagem de prevenção com bons valores e princípios saudáveis.

“Os problemas que se apresentam hoje são muito variados e cada vez mais frequentes. Isso impede o correto desenvolvimento do processo educativo, a saúde e a consolidação da família. O crescente mal do abuso sexual e do assédio de menores afeta a personalidade, a auto-estima do jovem e sua produtividade futura”, disse Juan Cruz.

Apenas no ano passado, a FundaJoven identificou mais de 97 casos de abuso e assédio sexual em menores através do projeto “Salvando Vidas”. Ele explica: “Esses números são alarmantes, o que deve nos motivar para a prevenção, por um lado, mas também para a identificação e contenção das vítimas com suas famílias”, acrescentou.

O texto do livro tem um foco familiar, principalmente bons valores que ajudam a construir uma sociedade saudável, alertando sobre os riscos e perigos que a família corre em termos de sua estrutura e forma, bem como conselhos para os pais, a fim de orientar melhor seus filhos.

A FundaJoven acredita que Maria Antonieta de las Nieves é uma figura influente que deixou mensagens saudáveis ​​para as famílias, jovens e velhos, com brincadeiras inocentes que não prejudiquem as sensibilidades de pessoas e marcou a vida de quatro gerações com seus ensinamentos.

Os tópicos abordados no livro são: “Meu corpo é lindo”, “Conceitos de privacidade e respeito”, “Boas e más carícias”, “Quando guardar segredos” e “Entendendo o abuso”.

Fonte: Guia-me