segunda-feira, 14 de outubro de 2019
Início Reflexão

Reflexão

A moral não é a ética dos evangelhos

A Teologia Moral de Causa e Efeito não pode praticar o sermão do monte porque ele inverte complemente os princípios de causalidades por ela ensinados. Jesus subverte radical e rupturalmente, de uma vez e para sempre, com essa lógica predatória.

O “politicamente correto” é o diabo

Eu abomino o “politicamente correto”. Sim, porque Jesus não foi “politicamente correto”. Ele dizia tudo o que era importante, e só não o dizia quando não era importante.

Dizendo o que não quero dizer

Cada um carrega diante de Deus seu próprio fardo e privilégio. Sim, leva o privilégio do fardo e o fardo do privilégio inerentes ao chamado.

Você sabe onde existe um Éden?

Assim, a humanidade nasce fora do Éden; pois, ‘em’ Adão e ‘como’ Adão — fomos tanto nele como também em nós mesmos, expulsos do Éden!

Quem conhece quem ou o que?

Assim, não existe auto-conhecimento possível ou desejável a quem quer que seja. Pois, todo auto-conhecimento é suicídio.

A Liberdade de Deus

Eu, no entanto, estou livre; nunca estive tão livre; e, essa liberdade não avança para além do que sempre cri e expressei, conforme a Palavra.

Jó, e uma aula sobre o absurdo…

A grande questão, todavia, é a seguinte: Até que ponto podemos incluir o ser humano nas fronteiras desse universo de Leis exatas?

O que é a fé e como vivem suas testemunhas?

Foi por meio da fé que os homens da antiguidade alcançaram bom testemunho para si mesmos diante de Deus. Tudo aquilo do que nós nos apropriamos sem o auxílio dos sentidos, é fé.

A parábola dos filhos “sim” e “não”

Todo “sim” que não cria um “sim” na prática, é o mais horrendo de todos os “nãos”, visto que será “não” mesmo.

E disse Deus: Haja cruz, e houve cruz!

Estou convencido de que é somente vivendo com essa consciência em fé é que se pode experimentar a libertação de todo medo de ser, viver, existir e...