GEN 21:14-21

Em nossa vida aqui na terra passaremos por pressões e crises.

Todos já passamos por pressões; há pressões normais, as que se chamam crises evolutivas: casar-se é uma crise; ter um filho é uma crise; ter um filho adolescente é uma crise; mudar-se é outra crise; entrar na menopausa é uma crise; sair do primário é uma crise; entrar na universidade, sair da universidade; mudar-se de casa são crises normais, evolutivas e que todos nós passamos.

Há crise que são inesperadas, acidentais : uma morte, que não esperávamos; a perda de um trabalho; um problema em casa e não temos dinheiro para o conserto.

Há crise que vêm de repente e em seguida a pessoa se sente culpada e procura culpados.

Há crise que são estruturais, que vêm porque nós temos conflitos não resolvidos: é a pessoa com vício da bebida alcoólica que não pode se estabelecer em nenhum trabalho, porque as crises são criadas por seus próprios conflitos; o homem violento que não pode desfrutar de sua família porque tem uma violência incontrolável. Há muitos tipos de crises.

Aqui temos a história de uma mulher, Agar, que tinha tido um filho com Abraão, mas quando ele conseguiu ter um filho com sua primeira esposa, Sara, diz que ele carregou um odre com água, com um pouco de comida e a despediu. Esta mulher entrou numa crise tão grande que estava esperando a morte, como solução para seu sofrimento.

Quando uma pessoa está em crise, a crise a faz sentir que Deus o deixou e que é injusto.

Ela deve ter pensado: por que Deus está com Abraão e não está comigo? Por que Deus respalda a Abraão que tem sua casa, tem sua família, tem tudo e eu que não fiz nada agora estou esperando ver a morte?

Quando se está em uma crise, qualquer que seja, a pessoa se senti injustiçada: por que Deus abençoa a uns e a mim não? Crise pode fazer-nos sentir inveja dos outros. Crise nos leva a crer que não há possibilidades . Quando uma pessoa está pressionada, quando está em crise, não vê alternativas, a única é morrer, é se suicidar; a única alternativa é se deprimir, se abandonar, por isso quando uma pessoa está em crise, fica agarrada no problema, agarrada na crise, passam-se os anos no físico mas no espiritual ficou presa; e usam frases como as seguintes: ” bom, isto é a minha cruz que tenho que carregar”; “tenho que perder para ganhar… perdi um montão de coisas, mas também ganhei outras” “Nasci para sofrer”; “escolhi mau na vida e estou agora pagando”; “Deus mandou esta doença sobre minha mamãe e terei que agüentar cuidando dela”; “a vida é um sacrifício, tudo custa muito caro” e outras baboseiras mais.

As crises enfermam. Dizem os médicos e especialistas da área de saúde, que cada órgão pode sofrer com uma emoção reprimida; e que quando uma emoção se reprime pode sobrecarregar qualquer órgão do corpo e esse órgão adoece.

Hoje vamos aprender como triunfar sobre as pressões; para isso precisamos entender algumas coisas. Por exemplo, todos sabemos o que é um piano, sabemos que sai som, mas se não soubermos tocar, não sairá nenhum som dele. Assim também são as coisas de Deus, pode-se saber muitas coisas de Deus mas não saber como fazer que essas coisas aconteçam e para aprender precisamos usar a fé, na Palavra que Ele revelou a nós. Não há outro jeito. Não há mágicas.

1- Devo colocar minha estima em Deus

A primeira coisa que o anjo do Senhor disse a ela foi: Levanta-te!. Nós temos que aprender a levantar nossa estima.

Quando alguém olha, não olha com os olhos. Quando alguém vê, vê com o cérebro, os olhos são os únicos que fazem captar a luz, que entra pelos olhos mas a imagem se vê no cérebro. E cada cérebro é diferente, por isso cada um vê de maneira diferente. O que você vê não é a verdade, a verdade é o que seu cérebro te diz que é a verdade. Cada cérebro é diferente, por isso cada pessoa interpreta a realidade com seu cérebro, com sua maneira de ser. Por isso nós precisamos entender que não temos que ver a realidade com nosso cérebro, mas com nosso espírito. Tudo o que nós vemos é relativo porque é a interpretação que entra por nossos olhos e as imagens que geram em nosso cérebro.

Só Deus é a verdade, e a verdade de Deus será revelada em nosso espírito . Então, temos que aprender a transcender a imagem captada por nossos olhos. Não temos que nos mover pela imagem que se reproduz em nosso cérebro, mas pela verdade de Deus revelada em nosso espírito. Porque só a verdade de Deus é a verdade verdadeira e essa verdade sempre nos faz vitoriosos sobre as circunstâncias.

Se seu espírito está abatido, sua estima vai estar abatida também. Se seu espírito está abatido, seus olhos vão funcionar pelas imagens de seu cérebro, mas se seu espírito está levantado, se seu espírito está de acordo com a Palavra, você não andará por vista, mas por fé. Você não será guiado pelas imagens de seu cérebro, mas pela Palavra que está em seu espírito e seu espírito manda essa Palavra a seu cérebro. Por isto, sua estima não pode depender do que seu cérebro vê, mas do que Deus pôs em seu espírito.

Por esta razão Deus disse a Agar Levanta-te! Levanta seu espírito! Ânimo!

Mas há pessoas que preferem abater seu próprio espírito, se entregando a miséria, a desmotivação, a tristeza, a apatia e outros sentimentos destrutivos. Mas quando seu espírito acorda, desperta para a verdade do Senhor, você levanta, vendo as maravilhas que Deus pode e vai fazer. Por isso Deus diz: “Levanta-te! Acorda tu que dormes!”.

Deus disse a Agar: Levanta-te!. Deus disse a Abraão: Levanta-te!, disse a Elias: Levanta-te!, Jesus disse ao paralítico: Levanta-te! Por isto, Deus hoje te fala: Levanta-te desta situação! Porque você não anda pelo que seu cérebro te diz, mas pelo que Deus te prometeu.

Diz a história que Helena de Tróia, uma vez caiu e recebeu um golpe na cabeça. Quando acordou e perguntou quem era, disseram-lhe que era uma prostituta. E ela começou a viver como prostituta, falar e andar como prostituta. Mas num dia, enquanto ia caminhando, conta a história que alguém gritou: Salve Helena de Tróia, a rainha! E a mulher acordou e recordou que ela era rainha.

Deus tem que te acordar: você é um filho de Deus, tudo que Jesus conquistou na Cruz é direito nosso, é nossa herança. Temos que nos levantar! Temos que acordar para a realidade do que Deus diz de nossa vida! A Bíblia diz que Jesus segurou os pães e os peixes “e lançou seus olhos ao céu”. APRENDA: nunca temos que orar olhando a realidade do que hoje possuímos. Nós temos que aprender a olhar para cima, levantar e dizer: Senhor, obrigado, não pelo que tenho na mão, porque na mão tenho pouco mas no céu há abundância e declaro por fé que haverá multiplicação.

2- Devo aprender fortalecer os outros.

O trecho da Palavra diz que o anjo falou a Agar, que estava olhando de perto o rapaz: Levanta-o e toma-o pela mão. Temos que aprender, em momentos de crises, a levantar os outros em vez de esperar que alguém o faça. Temos que aprender, primeiro, que Deus levante nosso espírito e depois você levante outros. Com o mesmo ânimo que Deus te levantar, você também deverá levantar aquele que estiver caído. Quando levantamos aqueles que estão ao nosso redor, fruto da orientação de Deus, as forças de Deus se ativam em nosso coração .

Ev. Manoel Valentim