Mãos postas sobre a Bíblia
Mãos postas sobre a Bíblia

A pesquisa do Datafolha “Nós e as desigualdades”, feita em parceria com a ONG Oxfam Brasil, revelou que os brasileiros consideram a fé religiosa o fator mais importante para as pessoas mudarem de vida.

O levantamento, que está em sua segunda edição, consolida entrevistas com 2.086 pessoas para medir a percepção sobre a desigualdade no país e traz um retrato da opinião pública no início de um novo ano e de um novo governo.

Os entrevistados tiveram de elencar em ordem de importância oito aspectos pré-definidos, quanto às prioridades que levariam a uma melhora de vida.

Aquele que recebeu o maior contingente de prioridades foi a “fé religiosa”, com 28%, seguido por “estudar” (21%) e “ter acesso à saúde” (19%). Em último, aparece “cultura e lazer”, com 2%. 

Os entrevistados também tiveram de dar notas para dez medidas prioritárias para a redução de desigualdades, definidas previamente pela Oxfam Brasil.

Em primeiro lugar, em grau de importância, ficou o combate à corrupção, com nota 9,7. Na sequência, ficaram investimento público em saúde (9,6) e em educação (9,6).

A pesquisa justifica a nota alta em relação ao combate à corrupção como reflexo do reconhecimento, por parte da população, de um problema que não apenas desvia recursos de políticas sociais, mas que também reduz a confiança nas instituições democráticas.

Fonte: Folha de São Paulo