Cerca de 35.000 pessoas participaram neste domingo em um ofício religioso protestante em Antananarivo convocados pela Igreja Reformista de Madagascar (FJKM), cujo vice-presidente é o ex-presidente Marc Ravalomanana.

O culto, realizado no estádio municipal da capital, segundo fontes ligadas à organização, não tinha caráter político, mas vários presentes, entrevistados pela AFP, afirmaram ter comparecido para apoiar o ex-presidente obrigado a abandonar o cargo em 17 de março.

Fonte: AFP