O papa Bento XVI afirmou hoje, durante seu discurso na celebração do Ângelus, que “nada pode eximir os católicos de seu empenho de evangelizar”.

Bento XVI lembrou a recente publicação, por parte da Congregação para a Doutrina da Fé (antigo Santo Ofício), de um documento no qual são esclarecidas “as razões” da evangelização.

“Nada pode nos eximir do oneroso e fascinante empenho de evangelizar o mundo”, afirmou o papa, acrescentando que “nada é mais belo, urgente e importante do que comunicar a salvação que se recebeu como dom”.

Bento XVI pediu aos católicos que “deixem que a alegria do Natal lhes façam anunciar a todos a presença de Deus”.

“Vem, ó Senhor, transformar nossos corações para que no mundo se divulgue a justiça e a paz”, disse o papa.

Nas saudações aos fiéis presentes na Praça de São Pedro, Bento XVI dirigiu uma mensagem aos funcionários do jornal vaticano “L’Osservatore Romano”, que iniciou ações para recolher fundos para destinar às crianças de Uganda.

“Expresso meu apreço pela especial atenção que o ‘L’Osservatore Romano’ dedica às causas humanitárias em todas as partes do mundo.

Espero que tenham grande êxito”, disse o pontífice.

Fonte: EFE