Estilista Ronaldo Ésper, deixou o homossexualismo depois que entrou para a Igreja Universal
Estilista Ronaldo Ésper, deixou o homossexualismo depois que entrou para a Igreja Universal

O estilista Ronaldo Ésper afirmou que não se identifica mais como homossexual e explicou que essa mudança tem muito a ver com a sua religião — há cinco anos, ele frequenta a Igreja Universal do Reino de Deus.

“Eu fui amaldiçoado por uma tia quando era criança”, disse em entrevista ao programa Pânico, na Jovem Pan, nesta quarta-feira (19).

Para Ronaldo Ésper, a “maldição” da homossexualidade partiu da tia que nunca gostou dele. “Ela me jogou na piscina e eu estava me afogando. Ela não gostava de mim, já era homofóbica desde sempre”, explicou o estilista.

Ésper afirmou que nunca gostou de ser homossexual. “Eu passei a vida inteira sendo homossexual por causa dessa maldição, mas eu não gostava disso, gostava da farra”, confessou.

Falando sobre casamento, Ésper disse que durante sua vida de homossexual, teve várias relações com homens casados e que a visão de casamento da Igreja Universal é diferente.

“Lá a igreja força muito esse negócio de casamento, eles têm uma outra visão do casamento”. 

Logo em seguida, ele convidou a todos para visitar a igreja. “Eu proporia a vocês todos e aos ouvintes, que fizessem uma experiência. Vai até uma igreja e ouça uma pregação.”

Acusado por muita gente de estar prestando um desserviço, Ésper defende que está apenas dando o seu testemunho. “Eu senti necessidade de fazer isso, mas não estou puxando ninguém para ir para a igreja”, disse, explicando que procurou a religião em um momento em que estava muito mal psicologicamente. “Minha vida espiritual mudou muito, está bem melhor.”

Fonte: Jovem Pan