Cena da novela
Cena da novela "Gênesis" que está sendo exibida na Record TV

A Record TV ouviu os apelos do público, que reclamava da violência exagerada em Gênesis, e começou a interferir na novela bíblica.

De acordo com a coluna de Patrícia Kogut, diversas cenas com passagens do antigo testamento foram suprimidas nos últimos capítulos exibidos. O objetivo era diminuir a polêmica em torno da trama.

Entre as cenas cortadas, houve uma cena de incesto entre Tamires, Ló e e Palilth, além de todo um plot que envolvia um sacrifício. A emissora não quer mais polêmicas com a trama, que já tem enfrentado muitas reclamações recentemente.

Enquanto isso, a emissora também tem trabalho na sucessora da novela. A escolhida é uma trama inédita, intitulada até então de “Reis“, seguindo o estilo bíblico no qual o canal se especializou nos últimos anos. As informações são da coluna de Flávio Ricco ao R7.

A trama levará a autoria de Raphaela Castro, que também assina a última parte de “Gênesis”. “Reis” se baseará em diversos livros da Bíblia Sagrada, como Reis, Crônicas, Provérbios, Cantares de Salomão, Eclesiastes e Salmos. Assim como a atual novela, a história de Reis será dividida em diversas fases.

“Reis” ainda não tem data de lançamento, mas a previsão é que as gravações comecem em setembro. A pré-produção deve começar em julho, bem como escalação de elenco e leitura de capítulos.

A Record TV chegou a pensar em apostar novamente na história de Davi, que já virou uma minissérie, mas agora seria adaptada pra uma novela. Contudo, aparentemente, a emissora de Edir Macedo preferiu apostar suas fichas em uma história ainda não adaptada.

Fonte: O Canal